LGPD Crianças e Adolescentes

Informações pessoais de crianças e adolescentes são mais sensíveis que de um adulto?

A LGPD estipula que os menores de idade não possuem autonomia legal para prestarem consentimento e autorização sobre a coleta e uso de seus dados pessoais.

Pois eles são considerados vulneráveis e perante a lei, onde é necessário que um adulto responsável legalmente é obrigado a fornecer tal consentimento sobre a coleta e manuseio de seus dados caso seja necessário.

E não estamos falando apenas sobre Redes Sociais e Sites de Jogos Online não, estamos falamos de informações escolares, prontuários médicos, fichas cadastrais e concursos que por ventura venham a participar, é exigido esse consentimento do responsável legal.

Todas as coletas e manuseio deste tipo de dados, precisam ter um maior controle sobre seu acesso e tomando cuidados muitas vezes de “anonimizá-los” sempre que possível, que seria na realidade a utilização de ferramentas tecnológicas que suprimissem dados pessoais que não sejam relevantes a um determinado processo e evite que seja exposto e se possa “chegar” ao titular dos dados.

Faça a sua parte!

PLANO SI no Youtube

Acesse nosso canal no Youtube e saiba mais!

Nossa página: https://planosi.com.br

Nosso Blog: https://alessandromagalhaes.com

Nosso Facebook: https://fb.com/planoseguranca

#gdpr #lgpd #direitodigital #governanca #segurancadainformacao #empreendedor #advogada #tecnologiadainformacao #dpo #planosi #cibersecurity #seginfo #tecnologia #sistemasdeinformacao #hacking #empresario #ti #lei #contratos #segurançadedados #informática #auditoriadigital #hacker #profissionalliberal

COMO IMPLEMENTAR A LGPD COM O CHECKLIST DE ADEQUAÇÃO

Este Guia irá lhe disponibilizar de forma prática e didática um Checklist de Adequação com informações sobre o entendimento da Regulamentação, suas Definições, o papel do DPO (Data Protection Officer), Conformidade Jurídica e muito mais.

Informe o seu melhor email para que possa enviar o e-book a você.

Verifique no seu e-mail.